segunda-feira, 23 de junho de 2014

Mônica: HQ "Festa Junina"

Compartilho uma ótima história sobre festa junina com a turma toda em que a Mônica quis descobrir com quem ela iria se casar. Ela tem 11 páginas e foi publicada na abertura de 'Mônica Nº 158' (Ed. Abril, 1983).

Capa de 'Mônica nº 158' (Ed. Abril, 1983)

Uma grande Festa Junina estava acontecendo no bairro do Limoeiro e todos estavam lá. Mônica estava observando a quadrilha enquanto espera a Magali, que estava comprando maçãs-do-amor. Quando chega, a Magali conta a Mônica sobre uma simpatia para descobrir com quem vai se casar, só que nessa hora, o Cebolinha estica os ouvidos para ouvir. Mônica percebe, grita bem no ouvido dele que tem uns orelhudos ouvindo a conversa e elas vão conversar em outro canto da festa.


Cebolinha, Cascão e Franjinha falam que simpatia é besteira, que é coisa de mulher e que não interessa para homens como eles, mas quando as meninas saem, eles fazem cara de que estão bolando plano infalível para saber que simpatia era aquela. Afinal, estavam curiosos em saber de quem a Mônica gosta.

Magali conta a simpatia para a Mônica que teria que pegar 3 papeizinhos e escrever em cada um deles o nome de um menino que ela gosta e colocar os papeizinhos embaixo do travesseiro antes de dormir. Quando acordar, puxa um dos papeizinhos e o nome escolhido será com quem vai casar. Mônica adorou e resolveu que vai fazer.


Porém, Mônica não contava que os meninos estavam escondidos atrás da árvore e da moita e ouviram tudo. Agora eles querem descobrir de qualquer jeito de quem ela gosta para poder ameaçá-la. Mônica vai embora da Festa Junina, se despede da Magali e entra em casa. Nisso, os meninos já estão de tocaia em frente a casa dela. Mônica ouve algumas risadas, vai conferir, não vê ninguém e volta pra casa.


De mansinho, os meninos vão até a janela do quarto da Mônica, que está escrevendo os nomes nos papeizinhos. Mas, na hora que ela está escrevendo, ela não revela os nomes. A alternativa, então, era pegar os papeis pra ler os nomes. Mônica sai do quarto por um instante e deixa os papeis na mesa. Cascão tenta pegar, mas Mônica volta logo e ele foi obrigado a se esconder debaixo da mesa e não conseguiu pegar os papéis.


Quando a Mônica dorme, Cascão tenta pegar os papeizinhos embaixo do travesseiro, até que ela se levanta para beber água e joga a coberta em cima do Cascão, e, com isso, Mônica não o vê. Os meninos aproveitam e conseguem pegar os papeizinhos e, para a surpresa deles, os nomes eram do Cebolinha, Cascão e Franjinha. 

Eles ficam desesperados com a chance da Mônica querer se casar com um deles e já imaginam a vida de casados com ela e o seu gênio forte. O Cebolinha imagina lavando pratos obrigado senão apanharia, o Cascão, varrendo casa e obrigado a tomar banho, e o Franjinha, sendo puxado pela Mônica, proibindo fazer invenções e ir trabalhar.


Os meninos resolvem sumir com os papeizinhos sem que a Mônica veja, mas ela volta para dormir e se escondem debaixo da coberta. Quando a Mônica puxa a coberta, eles puxam de volta par ao chão e ela estranha. Mônica entra debaixo da coberta e vê os meninos lá e eles saem correndo para a rua, embaixos da coberta mesmo.

A partir daí, a história já ganha um ar de humor pastelão. Eles vão parar na Festa Junina que ainda estava rolando, e acabam entrando em uma fogueira que o homem estava assando uma batata-doce na hora, queimando a coberta e a cueca do Cascão. Eles continuam correndo com a Mônica atrás e o Cascão nem sabe o porquê do cheiro queimado.


No meio da festa, Cascão percebe que sua cueca está queimando e eles tropeçam em um graveto e acabam derrubando uma barraca de pipocas. Já desarmados, Cebolinha fala para entregar os papéis para a Mônica não saber com quem ela vai se casar, e aí ela ouve e descobre que tudo aquilo era plano deles.

No final, para dar o castigo aos três, Mônica volta para a Festa Junina vestida de noiva, e os meninos, além de terem apanhado, são os noivos do casamento da festa, e, ela ainda fala que isso é para eles irem se acostumando.


Sem dúvida, uma história sensacional mostrando uma típica Festa Junina e envolvendo simpatia popular e plano infalível. Mostra os meninos fofoqueiros e também com a intenção de chantagear a Mônica e se tornarem donos da rua se descobrissem de quem a Mônica gostava, mas o feitiço virou contra o feiticeiro e eram os nomes deles que estavam nos papeizinhos.

Normalmente a Mônica é boba nos planos infalíveis, acreditando em tudo, até o Cascão estragar tudo, mas nessa história fica a dúvida se a Mônica sabia ou não que eles desejavam os papeizinhos. Quem sabe, ela colocou os nomes deles de propósito e todo o jogo de sair e entrar no quarto também, só para despistar, já que ela viu os meninos tentando ouvir a conversa com a Magali ainda na festa. Então, fica a interpretação do leitor.


Essa história é politicamente incorreta por envolver crianças com simpatias e por isso não seria republicada novamente. Além disso, tem o absurdo dos meninos andando em fogueira, sendo queimados e nada de grave aconteceu com eles. É engraçado e faz toda a diferença, só que também inadmissível para os padrões atuais.

Os traços são excelentes e só a arte da festa junina na primeira página já vale a pena acompanhar a história. As roupas típicas dos personagens também ficaram bem caprichadas e engraçado ver a Mônica vestida de noiva caipira. Tudo perfeito. Na postagem, coloquei completa. O enquadramento ficou diferente em algumas páginas, colocando 3 quadrinhos nas horizontais em vez de 2 e ficou bem interessante, sendo melhor assim do que ocupar mais páginas.


Para constar, essa história foi republicada no 'Almanacão de Férias Nº 7' (Ed. Globo, 1990), que foi quando eu a li pela primeira vez. As imagens da história nessa postagem, eu tirei do meu exemplar desse Almanacão, e a imagem da capa do gibi 'Mônica Nº 158' original, foi enviada por André Felipe, já que eu não tenho esse gibi. 

Capa do 'Almanacão de Férias Nº 7' (Ed. Globo, 1990)

32 comentários:

  1. Olá! Que história bacana!!! Esse comportamento contraditório dos meninos deixam saudades. Os traços dos personagens de hoje em dia bem que podiam ser esses, pois são redondinhos e perfeitos, mas sem a sem graceza estática e mal feita de hoje.

    Nossa! Eu gostei de tudo nessa historinha!

    Que bonitinho ficou o Franjinha com aquele visual. uma pena não existir a Marina naquela época, pra ver ele assim.

    Show de bola!!!

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa hq é fantástica mesmo, Fabiano. Por mim, os traços podiam ter continuado assim, iria ser ótimo.

      Verdade, a Marina nem sonhava em existir naquela época e não viu o Franjinha assim. Tudo sensacional nela. Abraços

      Excluir
  2. Hq legal! É impressão minha ou a Mônica tá um pouquinho morena na capa dessa hq?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. História muito boa. Sim, a colorização das peles da Mônica e do cebolinha ficaram diferentes, não ficando rosadas como de costume. Foi por causa da colorização da época.

      Excluir
  3. Hq legal, Marcos. Também não a conhecia. E o que eu gosto muito é você postar as capas, ficando mais fácil de procurar para comprar. Excelente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eugenio, a intenção é essa mesmo de facilitar quem procura nos sebos. Penso q muitos podem ter vontade de procurar os gibis das hqs q eu posto e aí colocando as capas facilita na procura.

      Valeu por ter gostado.

      Excluir
  4. Muito boa..lembro de ter lido essa hq a muito tempo no almanacão(gostaria de ter essa revista)...enfim, valeu por postar por aqui! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, ao menos vc releu essa hq da Festa Junina aqui... tomara q vc consiga esse Almanacão de novo, é muito bom, só hqs bacanas da Ed. Abril.

      Excluir
  5. Marcos, PORQUE VOCE NAO FAZ A SEÇAO ARTISTAS , EM QUE É FALADO SOBRE A NOVELA, SERIE, ARTISTA, OU DESENHO OU FILME, E QUANTAS VEZES FOI PARODIADO E AS HISTORIAS. OBRIGADO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pela sugestão, quando der falo sobre hqs com participação de artistas.

      Excluir
  6. Parabéns, Marcos, apesar de ser uma HQ incorreta hoje em dia, naquele tempo foi excelente e engraçado, parecendo até desenho animado. Mas faz aí uma correção no finalzinho, pois o certo seria "Já que eu não tenho esse gibi", OK?

    Agora, já que o dia do aniversário do Chico Bento está chegando, você podia falar da primeira HQ de aniversário dele de 1994, que se chama Caranchico, publicada em CHB # 194. Essa parece ser uma HQ bem divertida e emocionante, mas infelizmente eu nunca vi ela na minha vida. Você diz aí qual é o enredo dela? E se der mesmo, fale dela no dia do aniversário do Chico, OK? Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Daniel, como já falei de hqs de aniversários dos 5 principais eu vou dar um tempo com hqs sobre esse tema, senão fica repetitivo. Senão seria q nem nos gibis q todo ano, nos mesmos meses sempre com hqs de niver, e aí eu faria a mesma coisa.

      Quando der, eu posto essa hq do Chico. O enredo, basicamente, é que o Chico é transformado em caranguejo por uma bruxa, por não acreditar em horóscopo e então ele passa vários sufocos, até com tentativa do pessoal querer comê-lo na festa. Lembrando q ele é do signo de câncer (caranguejo). Não tem nada de emocionante nessa hq. Abraços

      Excluir
    2. Ah, tá! Então a HQ Caranchico não tem nada de emocionante. Pelo contrário, deve ser bem engraçada mesmo. Tomara que eu encontre esse Chico Bento # 194, já que eu não tenho. Então, torça pra eu procurar esse gibi.

      Na minha opinião, o que tem de mais emocionante é a capa da edição, em que os bichos da roça homenageiam o Chico dando presentes pra ele, até a árvore presenteia ele.

      Então, se você tem esse CHB # 194, diga se essa capa é ou não bonita, porque mesmo não fazendo referência à história, foi uma capa muito bem desenhada. Não se esqueça de torcer pra eu encontrar esse gibi, hein? Abraços!

      Excluir
    3. Capa muito bonita, sim, Tomara q vc encontre.

      Excluir
  7. marcos, voce tem gibis mais antigos? eu coleciono e quando quiser, te ajudo, desculpe falar, mas voce tem que falar pra mim até que ponto é bom colecionar, pois voce mesmo disse que a panini nao tem mais qualidade pra fazer historias e isso é verdade. quero sugestoes, tipo a monica da globo é so boa ate um certo numero. obrigado. se me responder, ficarei muito grato. fale da lojinha da monica e dos plays.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, minha coleção da Globo vai em sequência de 1987 até 1998. Depois disso começou a decair e a partir daí, uma ou outra valem a pena. Tenho só algumas depois de 1998. E tenho tbm algumas da Ed. Abril.

      Os almanaques valem a pena por toda a fase da Globo, já q republicam hqs antigas. Claro q quanto mais antigo o almanaque, mais chances de ter da Ed. Abril.

      Quando der, falo das suas sugestões.

      Excluir
  8. Gostei, que capricho no desenho das roupas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, eles caprichavam muito nos detalhes nessa época. Eu gostei muito da cena da festa junina na primeira página.

      Excluir
  9. Excelente HQ. Não conhecia, e me diverti a beça lendo....Enredo sensacional. Não tenho do que reclamar! Tendo uma hq dessas de abertura num gibi, mesmo que as outras não sejam tão boas (o que não deve ser o cado desse aí), já vale ter na coleção.
    Creio que se ela fosse escrita hoje em dia (tirando todo o fato do politicamente correto), ao invés do Franjinha, seria o Xaveco o 3° menino da simpatia da Mônica rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah todas as hqs desse Almanacão são boas. Tipo, a hq "A Mônica vai casar" é muito engraçada, e tantas outras .A revista original tbm é boa, sem dúvida, devo ter quase todas nos almanaques da Globo. Nessa época, até as hqs mais simples e normais eram bacanas, até por causa dos traços. Dificilmente eu não gosto de alguma hq da Ed. Abril dos anos 80.

      Tbm acho, q se fizessem alguma semelhante hj em dia, seria o Xaveco no lugar do Franjinha.

      Excluir
  10. marcos, mas voce sabe me dizer sea turma da monica já mencionou ou parodiou artistas como;
    OS SIMPSONS
    ELIANA
    ANGELICA
    XUXA
    ONDE ESTA O WALLY
    TELETUBBIES
    SMURFS
    URSINHOS CARINHOSOS
    POKEMON
    BRITNEY SPEARS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Da sua lista, só não lembro de ter visto Eliana, Angélica, Teletubbies e Ursinhos Carinhosos. Já os outros, já apareceram contracenando ou foram citados. E de todas as celebridades, sem dúvida, a Xuxa foi a q mais apareceu.

      Excluir
    2. já teve os "Gibitubbies", uma historinha com Seu Juca, se não me engano

      Excluir
  11. Essa história é muito boa mesmo. Aliás, como várias da época também. Bons tempos esses da Abril...

    E disponha, Marcos. Precisando de alguma capa (que eu tenha, claro hehe), é só avisar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima fase mesmo... pode deixar q peço sim capas ou páginas de hqs. Ficou muito boa essa.

      Excluir
  12. O melhor das festas juninas são as comidas tipicas ,eu adoro e vocês amigos?

    ResponderExcluir
  13. O melhor das festas juninas são as comidas tipicas ,eu adoro e vocês amigos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm adoro as comidas de festa junina, principalmente os doces.

      Excluir
  14. Que caprichosos os traços!
    O que mais me intriga é que hoje eles têm uma equipe bem maior e mais recursos tecnológicos, mas não têm tanta riqueza, é tudo meio feito nas coxas.
    Vai entender...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses traços eram lindos. Tudo às pressas hoje e a tecnologia é pra acelerar o trabalho deles, só isso.

      Excluir