segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Tirinha Nº 51: Mônica

A força exagerada da Mônica sempre foi bem explorada nos gibis, principalmente em tirinhas. Nessa, o espirro da Mônica é tão forte que faz arrastar e sumir tudo o que estava na sua frente. Muito boa.

Tirinha publicada originalmente em 'Mônica Nº 19' (Ed. Globo, 1988).


18 comentários:

  1. Tem uma história em que a Mônica da um espirro e manda a turma pra bem longe. Histórias assim não aparecem mais, é sempre o mesmo tema...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, essa história "Em busca dos amiguinhos perdidos" é de Mônica Nº 108 de 1995. Eles não fazem mais histórias assim com a força exagerada da Mônica, devem achar que absurdos assim não são pra mostrar nos gibis. Uma pena, gostava de histórias com força exagerada dela.

      Excluir
    2. Eu tenho esse gibi... E também fiquei desesperado quando li essa história, só imaginando como seria o desfecho do resgate se a mamãe canguru, vinda da Austrália, não tivesse escapado do porão do navio carregando o Cebolinha na sua bolsa!

      Excluir
    3. Eu li essa história num almanaque da Panini.

      Excluir
  2. Marcos, meio fora do tópico, mas diga aí: O que você achou da nova série animada da MSP que foca no estilo dos anos 70 da turma, a série "Bairro do Limoeiro"? Parece que vão manter os elementos "politicamente incorretos" no enredo...

    Caso não tenha visto:

    https://www.youtube.com/watch?v=rC4EFYdzcOw

    Até!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tinha visto, pelo menos os traços são bacanas no estilo dos anos 70. Melhor que os traços dos gibis atuais.

      Excluir
  3. Marcos,a morte foi personificada como um ser esquelético coberto com uma capa preta.E de acordo com os desenhos do Pica-Pau,a fome é personificada como um ser igualmente assustador,porém de capa branca.

    Já imaginou se o Maurício inventa o personagem Dona Fome para ser irmã da Dona Morte?

    Que terror de dupla seria,hein?

    ResponderExcluir
  4. OLá! A superforça da Mônica da Mônica ainda é mostrada algumas vezes, porém, com um viés de salvamento dela e seus amigos, quando dá a impressão de que estão em perigo e sua superforça é a única solução para resolver a situação para o bem de todos. Como se uma criança dessa idade realmente se preocupasse tanto e tivesse tal discernimento em saber quando e como utilizar sua superforça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poucas vezes sendo retratada, antes era com mais frequência e sem ser só em situações de perigo.

      Excluir
  5. Cara, descobri seu blog hoje, já li vários tópicos e só tenho algo a te dizer... Simplesmente esplêndido, não tem como ser mais perfeito que isso. Parabéns homem e muito, mas muito obrigado mesmo por dedicar seu tempo postando isso aqui pra gente. Fiquei muito feliz por encontrar algo desse tipo na net, sem palavras parabéns, e por favor, nããããão paaaare de postar kkk.
    Forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Udson. Intenção é resgatar a fase de ouro da turma anos 70, 80 e 90. Que bom que gostou, continua visitando. Abraço

      Excluir
  6. Marcos, essa piada me faz lembrar outra tirinha com uma cena ainda mais absurda, publicada em Mônica Nº 34 (Ed. Globo, 1989): A Mônica anda distraidamente pela rua e se choca contra um poste onde havia uma placa de trânsito com uma seta para cima, sinalizando SIGA EM FRENTE; depois de bater a cabeça e ficar com um olho roxo, ela olha para trás e fica espantada, porque o poste, que estava reto, ficou todo sinuoso (em forma de cobra) com a pancada; e a seta pintada na placa também ficou sinuosa. KKKKKKKKKKKKKKKKKK! E olha que a pancada nem foi tão forte, foi um pequeno acidente causado pela distração da Mônica!

    ResponderExcluir
  7. E, como a maioria dos furacões ocorridos nos Estados Unidos, no México e no Caribe têm nomes de mulher, não me surpreende se por acaso tiver surgido algum chamado Mônica! Furacão no Brasil, menos mal, só nesses gibis! KKKKKKKKKKKKK!

    ResponderExcluir
  8. E o que dizer da tirinha publicada em Mônica Nº 182 (Ed. Globo, 2001)? A Mônica anda pela rua com um saquinho de pipocas e, ao jogar uma pipoca para cima com a intenção de fazê-la cair na sua boca, atinge um pássaro em pleno voo, que cai morto na hora!

    ResponderExcluir